Legado – Fernando Guedes Tinto 2016 75cl

260,00 

Cor rubi de boa intensidade. Aroma complexo e intenso, com notas florais, de urze, trufas e sous-bois, pedregoso bem evidente, fruta vermelha bem viva e uma madeira discreta muito bem integrada. Na boca tem um excelente volume, taninos bem definidos e de grande qualidade, especiarias, ligeira salinidade, frutos vermelhos e com um final extremamente longo, elegante e profundo.

Ano vitícola: Inverno seco e ameno. Chuvas contínuas que começaram no final do inverno e se prolongaram para a primavera, acompanhadas de períodos de baixas temperaturas. Estes fatores contribuíram para uma incidência anormal das doenças da vinha, tendo afetado a floração. O verão foi ameno, tendo geralmente as noites sido frias, o que contribuiu para um final de maturação longo e equilibrado, permitindo produzir vinhos de elevada qualidade.

Vinificação: As uvas são provenientes de uma vinha centenária, da Quinta do Caêdo. A vindima é manual, as uvas são selecionadas na vinha e no tapete de escolha, na entrada para a adega. Após desengace e suave esmagamento as uvas são encaminhadas para cubas inox, onde decorre a fermentação alcoólica. Realiza-se uma longa e suave maceração, com temperatura controlada, com o objetivo de extrair os compostos que expressam o terroir daquela vinha.

Esgotado

Descrição

“Legado é mais do que um Vinho: é o testemunho do conhecimento e do saber que recebi de meu pai e que agora deixo às gerações futuras da nossa família.”

Fernando Guedes, 1930-2018

Todos os anos, o lançamento de um novo Legado evoca a passagem do tempo na história de uma Sogrape desde sempre sonhadora. Cada colheita celebra o Douro no seu melhor, exalta a experiência e a vida. Porque numa homenagem ao passado, este é um vinho do presente, que Fernando Guedes idealizou para criar futuro. A história repete-se desde 2008, mas nunca é de mais recordá-la. Fernando Guedes, à época Presidente da Sogrape, sonhava há muito com um vinho capaz de expressar os saberes, paixão e valores de um negócio familiar, que tem na região do Douro um lugar especial, e homenagear a passagem desse valioso testemunho às gerações futuras, que um dia levariam o leme da empresa.

Desde então, a cada vindima, cabe à natureza entregar o fruto dos oito hectares de vinhas centenárias da Quinta do Caêdo, em Ervedosa do Douro. Esta parcela, integrada num cenário que sempre fascinou Fernando Guedes, é berço de um vinho diferente, distante de padrões teóricos de perfeição, mas próximo do terroir, e acima de tudo, símbolo máximo do desejo de eternizar experiência, memória e emoção numa garrafa.3

 

Informação adicional

Peso 2,0 kg