Alentejo

    • Adega do Passo Branco 75cl

      4,50 

      Castas: Arinto, Verdelho e Antão Vaz.

      Elaborado com as castas tradicionais da Região, com vinificação cuidada, resultou um vinho de cor citrina, aromas de frutos de caroço e boca
      equilibrada e fresca, com acidez intensa.

      Gastronomia: Companhia ideal para mariscos e pratos de peixe ou carnes brancas. Liga bem com Caldeiradas.

    • Adega Mayor Reserva do Comendador Branco 75cl

      21,50 

      Castas: 70% Antão Vez, 20% Verdelho e 10% Viognier

      Cor citrina. Aroma intenso com notas de fruta madura (pera, pêssego), bem conjugadas com ligeiras notas abaunilhadas da barrica. Paladar com boa estrutura, bem equilibrado, fresco, mineral e de uma longa persistência.

      Um branco fresco e estruturado com um perfil muito gastronómico. Revela-se excelente com pratos de peixe mais ricos e intensos ou preferencialmente com pratos de carnes brancas com algum exotismo.

      Vindima manual, com uma seleção criteriosa de cachos. A fermentação ocorreu em barricas novas de carvalho francês, à qual se seguiu um estágio de 6 meses sobre borras finas de modo a obter um vinho fresco aliado a uma boa untuosidade e estrutura.

    • Altas Quintas 600 Branco 75cl

      7,70 

      Castas: Arinto (55%), Verdelho (30%) e Fernão Pires (15%)

      Vinho de cor citrina, com aromas de fruta tropical fresca e alguma mineralidade.
      Na boca mostra frescura, uma equilibrada acidez, estrutura e um longo e agradável final.
      Pode acompanhar pratos com alguma complexidade.
      Aconselha-se temperatura de serviço de 8 oC.

      Teor Alcoólico = 13.5 % (vol.)

    • Altas Quintas Crescendo Branco 75cl

      10,50 

      Castas: Fernão Pires (60%) e Arinto (40%)

      Vinho de cor citrina, muito aromático, com notas de frutos citricos, alguma mineralidade e enorme frescura.
      No seu conjunto, mostra jovialidade, elegância, equilíbrio e longa persistência.
      Pode acompanhar pratos de peixe com alguma complexidade ou carnes brancas.
      Aconselha-se temperatura de serviço de 8 oC.

      Teor Alcoólico = 13.5 % (vol.)

    • Alyantiju Branco 75cl

      42,00 

      Castas: 90%Antão Vaz; 10% Alvarinho
      Este é um vinho de tese; pensar na casta Antão Vaz vindimada no momento certo, depois da espera pela maturação aromática e fenólica e fermentada em barricas de carvalho francês de 500 litros em conjunto com uma pequena percentagem de Alvarinho, leva-nos para outro nível enológico. Aqui podemos ver o Alentejo refletido na mineralidade e nos aromas doces e especiados das flores das searas e do sol brilhante; mais à frente encontramos gravidade, frescura, tensão e linearidade de despedida longa e precisa. Finalmente percecionamos que o Alentejo pode caber dentro de uma pequena garrafa.

      Enologia: Jorge Alves e António Cavalheiro

    • Amantis Branco 75cl

      13,80 

      Castas: Viognier

      Carvalho francês claro bem integrado, com aromas de manga, laranja e pêra. Muito sedoso, mostrando um equilíbrio e estrutura muito bons. Acidez muito agradável e final persistente.

    • AQ Branco 75cl

      5,50 

      Castas: Arinto (50%), Verdelho (25%) e Fernão Pires(25%)

      Vinho de cor citrina, muito aromático, com notas de frutos tropicais.
      Na boca, revela-se jovem, com uma acidez vibrante, frescura e leveza.
      É um vinho versátil, que pode acompanhar pratos leves ou ser servido fora da refeição.
      Aconselha-se temperatura de serviço de 8 oC.

      Teor Alcoólico = 13.0 % (vol.)

    • Aventura Branco 75cl

      9,50 

      Castas: Vinha velha da Serra de São Mamede, com mistura de castas tradicionais da zona.

      Cor amarela palha. Sóbrio, mas perfumado, destaca-se pelas notas de alfazema, restolho e pêssego, bem como pela sensação profunda de mineralidade. Cheio, mas muito fresco, entroncado e profundo, termina mineral, seco e tenso.

    • Baron de B. Branco 75cl

      18,50 

      Castas: Antão Vaz

      Fragrância de frutas tropicais e tabaco, subtil toque de madeira. Sobre o paladar, sabores suculentos de groselhas e peras.
      Denso e de grande potencial.

    • Cabeças do Reguengo Equinócio Branco Biológico 75cl

      26,50 

      Feito de múltiplas castas antigas existentes numa vinha muito velha situada na freguesia do Reguengo da Serra de S. Mamede. A exposição da vinha é nascente, a altitude de 598 metros. Solos de origem granítica antiga (Ordovícico).
      A produção é muito baixa. Não conseguimos referir a dominância de nenhuma casta. São cerca de 14 castas diferentes de uma selecção massal feita até início do século XX.

    • Cabeças do Reguengo Quartzo Branco 75cl

      23,00 

      Feito a partir de múltiplas castas antigas de vinhas centenárias, consorciadas com olival, situadas na freguesia do Reguengo, no Parque Natural da Serra de S. Mamede (Portalegre). As altitudes das vinhas variam entre os 550 e os 735 metros. O solo é granito muito antigo e muito erodido (Ordovícico). As produções são muito baixas. Este vinho é um lote de quatro “field blend” de outras tantas pequenas vinhas.

    Start typing and press Enter to search

    Carrinho

    Nenhum produto no carrinho.