Champagne G. H. Mumm Cordon Rouge Brut 75cl

45,00

FRESCOS – OUSADOS – FRUTOS MADUROS INTENSOS

O champanhe Mumm Cordon Rouge é o coração da Maison Mumm. Este cuvée deve o seu nome ao seu famoso cordão vermelho: a fita vermelha da Legion d’Honneur, a maior homenagem civil da França, que adorna cada garrafa desde 1876.

Uma mistura complexa proveniente de mais de 100 crus diferentes.

Estágio de 20 meses nas caves da Maison.

O LOOK
 Bolhas abundantes e uma cor amarela vibrantetestemunham a energia e o vigor deste champanhe.

AROMAS
 Impulsionado pela uva Pinot Noir, Mumm Cordon Rouge Champagne revela aromas de frutas frescas brancas e amarelas com notas de lichia, abacaxi e praliné.

O SABOR Revela-se
uma frescura enérgica, marcada pela complexidade.
Na boca encontra-se perfeitamente equilibrado com fruta fresca e notas arredondadas de caramelo que prolongam a intensidade e conduzem
a um final poderoso e memorável.

IDEAL COMO APERITIVO E ALÉM …

Quer seja saboreado com uma refeição de carne branca ou peixe ou partilhadocomo um brinde para um momento definitivo.

PARA OS MAIS AVENTUROS …

Experimente saborosos doces de maçã / salsicha branca. Quando combinada com a comida, a riqueza aromática do champanhe Mumm Brut Cordon Rouge complementa perfeitamente carnes brancas e peixes como tamboril ou salmonete, levando a experiência a novos patamares. A estrutura nítida e elegante do  champanhe também complementa os sabores cremosos do foie gras, criando um contraste estimulante.

 

Categorias: ,

As primeiras páginas da lendária história da vinificação da Maison MUMM foram escritas muito antes de 1827, sua data oficial de fundação; a família Mumm, cuja linhagem inclui barões e cavaleiros, data do século XII. Já em 1761, a família havia lançado um negócio como produtores e comerciantes de vinho com base em Colônia, Alemanha, sob o nome de “PAMumm”, em homenagem ao seu proprietário Peter Arnold Mumm. A empresa possuía grandes vinhedos no vale do Reno, onde criava seus próprios vinhos.
Nos primeiros anos do século 19, os três filhos de Peter Arnold Mumm, Gottlieb, Jacobus e Philipp, reconheceram o potencial de vendas dos excelentes vinhos espumantes produzidos na região de Champagne na França. Como a Alemanha e a França tinham boas relações na época, os irmãos Mumm tomaram a ousada decisão de estabelecer um novo ramo da empresa familiar na região de Champagne, criando uma filial em Reims com a ajuda de um representante local, G.Heuser.
Desde o início, qualidade foi a palavra de ordem dos sócios desta nova entidade formada em 1827 e assim permaneceu para todos os seus sucessores. Esta abordagem estaria encapsulada no mote escrito por Georges Hermann Mumm: “Apenas os melhores”.

Os vinhedos próprios da Maison Mumm cobrem cerca de 218 hectares. Os vinhedos, nos quais Pinot Noir é altamente dominante (78%), principalmente na Montagne de Reims, se espalham pelos vinhedos Grand Cru de Cramant e Avize dedicados ao Chardonnay na Côte des Blancs e no Vallée de la Marne, onde Pinot Meunier prevalece.
A classificação oficial dos vinhedos de champanhe échelle des crus de 1911, ainda em uso, avalia os vinhedos em relação a critérios como qualidade do solo, exposição ao sol e variedades de uvas plantadas. De um total de 319 comunas, esta classificação identifica dezessete aldeias como Grands Crus (os melhores terroirs da região de Champagne) e 42 outras aldeias como Premiers Crus.
Com sua área total de vinhas avaliada em impressionantes 98% na escala de qualidade do champanhe, os vinhedos da Maison Mumm incluem 160 hectares classificados como Grands Crus e estão situados em oito aldeias históricas cujas uvas expressam toda a autenticidade dos melhores terroirs da região de Champagne: Aÿ, Bouzy, Ambonnay, Verzy, Verzenay, Mailly, Avize e Cramant.

Muito cedo na sua história, a Maison Mumm percebeu a importância de estabelecer um sistema para garantir a mais alta qualidade, supervisionando todas as etapas da produção, desde as práticas de cultivo da uva em todos os seus vinhedos até o crucial processo de prensagem.
A Casa demonstrou a sua capacidade de inovação, bem como o seu forte compromisso com o terroir – que nunca vacilou ao longo dos séculos – ao instalar os seus lagares directamente nas vinhas, inovação que simboliza o seu compromisso com a qualidade que perdura até hoje. Assim, em 1840, quando a empresa adquiriu as primeiras parcelas situadas em Verzenay, foi construído e instalado ao mesmo tempo um lagar de vinho, que ainda hoje se encontra em uso.
A Maison Mumm também introduziu uma política de abastecimento sem precedentes na época: comprar uvas diretamente dos produtores nos melhores vinhedos, em vez de suco não fermentado. Essa abordagem permitiu à empresa verificar a qualidade da uva e prensar o próprio suco. Desta forma, foram firmadas parcerias genuínas com os produtores, de quem a Casa exigia “apenas o melhor”.

Peso 1.5 kg

Start typing and press Enter to search

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.