Quinta dos Avidagos 18 Graus Tinto 2020 75cl

55,00 

O Quinta dos Avidagos 18 graus é fruto de um blend cuidadosamente selecionado das castas Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca, reconhecidas por suas características ousadas e robustas. A meticulosa colheita manual e fermentação em tanques de aço inoxidável são etapas essenciais no processo, onde os açúcares das uvas se convertem em álcool, conferindo-lhe seu distintivo teor alcoólico.

Este vinho envelhece durante quase três anos em tanques de aço, desenvolvendo profundidade e complexidade em cada gota. Sua textura suave e aveludada, combinada ao equilíbrio harmônico entre frutas, acidez e taninos, são resultado de uma mistura cuidadosa e de ingredientes de altíssima qualidade.

Os vinhos tintos do Vale do Douro, em especial com 18% de teor alcoólico, são conhecidos por sua personalidade redonda, entregando uma experiência rica e poderosa, repleta de sabores intensos. Este rótulo pode ser apreciado sozinho ou em harmonia com pratos igualmente audaciosos e saborosos, como carnes grelhadas ou ensopados saudáveis.

36 em stock

Descrição

A primeira quinta está na família desde 1670. Hoje já são 4 quintas, com 80 hectares ao todo: Firvida e Além Tanha, Avidagos, Torrão e Varanda. A tradição sempre foi vender as uvas às Casas do Vinho do Porto mas, a partir de 1996 começam os primeiros ensaios para produção própria na Quinta dos Avidagos.

As Quintas da Firvida, Torrão e Varanda já vêm incluídas no mapa do país vinhateiro feito pelo Barão de Forrester no sec XIX. Em 1999, foi construída uma adega com os mais recentes avanços tecnológicos que permite produzir vinhos de grande qualidade. Ao mesmo tempo, o antigo armazém de Vinhos do Porto foi remodelado para poder servir também de local de estágio para as barricas.

Neste momento, a Quinta dos Avidagos tem uma gama extensa que vai do Avidagos Branco, Rosé e Tinto ao Quinta dos Avidagos Reserva Branco, Rosé e Tinto, Quinta do Além Tanha Tinto e Quinta dos Avidagos Grande Reserva Tinto. Atualmente também com Vinho do Porto.

As castas autóctones, como a Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz para os tintos e o Gouveio, Rabigato ou Viosinho para os brancos, permitem-nos obter toda a personalidade e o carácter dos “terroirs” do Douro.

Juntando enologia de vanguarda com a tradicional pisa a pé, em lagares de granito, o objetivo é produzir vinhos de excelente qualidade, de perfil internacional e com o carácter da nossa terra. A excelência da cultura vitícola, o uso de castas tradicionais bem como as condições estruturais da região e humanas do projeto, têm constituído o segredo do nosso sucesso. O Douro é realmente único, singular. Os vinhos têm merecido destaque dos críticos no que toca à qualidade e as vendas, tanto a nível nacional como nos mercados de exportação, têm vindo a aumentar.

Informação adicional

Peso 1,4 kg