Monte da Peceguina Branco 75cl

13,00

Castas: Antão Vaz 40%, Arinto 35%, Verdelho 20%, Roupeiro 5%

A mais recente edição do Monte da Peceguina Branco revela no nariz um aroma fresco com muita fruta de polpa branca e notas florais. Na prova de boca é um vinho com um bom volume de boca e texturado, suportado por uma bela acidez. Frutado e envolvente termina longo e ligeiramente salino.

  • 2009 – 89 Pontos, Robert Parker Wine Advocat
  • 2010 – 88 Pontos, Wine Enthusiast
  • 2016 – 88 Pontos, Wine Enthusiast
Categorias: , ,

Alentejo. Uma das regiões com menor densidade populacional da Europa, revela-se com um dos segredos bem guardados de Portugal. Ocupando um terço do território nacional, desvenda paisagens únicas, imaculadas, intermináveis e de incalculável beleza.

Terra de acolhimento e de hospitalidade, é reconhecida pela gastronomia e vinhos de excelência, respeito pela sustentabilidade ambiental e preservação de tradições e costumes ancestrais.

A riqueza cultural e histórica é consubstanciada na classificação de Património Mundial (Elvas e Évora) e Património Imaterial Cultural da Humanidade (Cante alentejano) e Reserva Biosfera (Castro Verde) da UNESCO.

A Herdade da Malhadinha Nova, localizada em Albernoa, Beja, no coração do Baixo Alentejo, emerge enquadrada nesta cápsula do tempo que se estende por 450 hectares.

Aqui, o tempo parece não caminhar, a história recua a tempos imemoriais, o território ocupa um espaço sem fim e vive-se um dia-a-dia submerso num silêncio que se escuta.

Longe e perto de tudo, a imensidão de perder de vista permite viver em privacidade, harmonia e segurança. Um isolamento conjugado com exclusividade que serve os propósitos de famílias, grupos de amigos, a dois ou a sós.

Peso 1.4 kg

Start typing and press Enter to search

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.